Skip to content

DOR CRÔNICA
É uma dor que dura semanas, meses ou mesmo anos. A causa inicial pode ser uma lesão ou infecção, mas em alguns casos, não existe uma causa clara.

Dor neuropática crônica

A dor neuropática é um transtorno neurológico no qual se experimenta uma dor crônica intensa devido a um dano nervoso, que surge através da presença de uma lesão ou doença do sistema nervoso periférico ou central.

Esclerose múltipla

É uma doença que atinge o cérebro e a medula espinhal. O sistema imunológico ataca a bainha protetora (mielina) que cobre as fibras nervosas e causa problemas de comunicação entre o cérebro e o resto do corpo.

Fibromialgia

É um transtorno caracterizado por dores musculoesqueléticas generalizadas. É acompanhada de fadiga, problemas para dormir, de memória e mudanças de humor.

Lombalgia

Dor lombar, dor lombossacral, lombalgia ou lumbago é uma dor localizada na região lombar, correspondente à região inferior da coluna vertebral.


Neuralgia pós-herpética

É a complicação da herpes-zóster. Este transtorno afeta os nervos e a pele, causando uma sensação de queimação, mesmo depois das lesões causadas pela herpes-zóster terem desaparecido.

Avulsão da raiz

Lesões radiais de até 1 cm da inserção do menisco representam de 10% a 21% de todas as roturas meniscais. Estão associadas à dor, incapacidade e rápida deterioração das articulações.

Mononeuropatia traumática dolorosa

É um tipo de dano aos nervos fora do cérebro e da medula espinhal.

Polineuropatia (neuropatia diabética)

Definido como disfunção do sistema nervoso periférico em pacientes com diabetes.

Síndrome de dor de origem central

A síndrome de dor de origem central é um transtorno da dor neuropática crônica causada por lesões ao sistema nervoso central.

Avulsão
da vraiz

É uma doença crônica, progressiva, caracterizada por dores fortes, inchaço e outras mudanças na pele.

Síndromes de dor
pós-cirúrgica

Dor que se desenvolve após um procedimento cirúrgico ou lesão tecidual.


Dor fantasma

Dor sentida em um membro após a amputação e pode ser severa, intratável e incapacitante.

Radiculopatias

É uma lesão referente a perda ou comprometimento da função sensorial ou motora de uma raiz nervosa.



Artrite psoriásica

Condição inflamatória das articulações associada à psoríase.
Há evidências substanciais de que o sistema endocanabinoide está envolvido na modulação da dor (crônica e neuropática) e da inflamação.

Espondilite anquilosante

É uma doença inflamatória que, com o tempo, pode fazer com que alguns dos pequenos ossos da coluna vertebral (vértebras) se fundam, tornando a coluna vertebral menos flexível e pode levar a uma postura curvada para frente.

Artrite reumatoide

É uma forma de artrite que causa dor, inflamação, rigidez e perda da função articular.



Doença de Crohn

É uma doença inflamatória crônica com manifestações intermitentes que afetam principalmente o trato gastrointestinal em toda sua extensão.

Colite ulcerativa

É uma doença inflamatória do cólon (intestino grosso) e do reto. É caracterizada pela inflamação e ulceração da parede interna do cólon.

Artrite idiopática juvenil

Termo utilizado para descrever a artrite, ou inflamação das articulações, que ocorre em crianças.

Polimiosite

É uma doença inflamatória rara que causa fraqueza muscular, afetando ambos os lados do corpo.

Osteoartrite (artrose)

É uma doença articular que afeta principalmente a cartilagem. Há evidências substanciais de que o sistema endocanabinoide está envolvido na modulação da dor (crônica e neuropática) e da inflamação.

Dor neuropática crônica

A dor neuropática é um transtorno neurológico no qual se experimenta uma dor crônica intensa devido a um dano nervoso, que surge através da presença de uma lesão ou doença do sistema nervoso periférico ou central.

Esclerosis múltiple

Es una enfermedad del cerebro y la médula espinal. El sistema inmunitario ataca la vaina protectora (mielina) que recubre las fibras nerviosas y causa problemas de comunicación entre el cerebro y el resto del cuerpo.

Los endocannabinoides, por sus propiedades inmunopresoras y antiinflamatorias, disminuyen el dolor y los espasmos musculares.

Fibromialgia

É um transtorno caracterizado por dores musculoesqueléticas generalizadas. É acompanhada de fadiga, problemas para dormir, de memória e mudanças de humor.
A cannabis medicinal reduz significativamente a dor e a rigidez, relaxa, influencia positivamente o sono e proporciona uma sensação de bem-estar.

Lombalgia

Dor lombar, dor lombossacral, lombalgia ou lumbago é uma dor localizada na região lombar, correspondente à região inferior da coluna vertebral.

A cannabis medicinal (receptores CB1 e CB2) desempenha um papel importante nos processos de mediação da dor e modulação neuroinflamatória.

Neuralgia pós-herpética

É a complicação da herpes-zóster. Este transtorno afeta os nervos e a pele, causando uma sensação de queimação, mesmo depois das lesões causadas pela herpes-zóster terem desaparecido.

Avulsão da raiz

Lesões radiais de até 1 cm da inserção do menisco representam de 10% a 21% de todas as roturas meniscais. Estão associadas à dor, incapacidade e rápida deterioração das articulações.

Mononeuropatia traumática dolorosa

É um tipo de dano aos nervos fora do cérebro e da medula espinhal.

Polineuropatia (neuropatia diabética)

Definido como disfunção do sistema nervoso periférico em pacientes com diabetes.

Síndrome de dor de origem central

A síndrome de dor de origem central é um transtorno da dor neuropática crônica causada por lesões ao sistema nervoso central.

Síndrome dolorosa complexa regional

É uma doença crônica, progressiva, caracterizada por dores fortes, inchaço e outras mudanças na pele.

Síndromes de dor pós-cirúrgica

Dor que se desenvolve após um procedimento cirúrgico ou lesão tecidual.

A cannabis causa efeito sobre a dor aguda pós-operatória. A dor aguda e insuportável nas pessoas afetadas pode causar fadiga e náuseas. Neste caso são utilizados os canabinoides, para que atuem e aliviem a dor da pessoa.

Dor fantasma

Dor sentida em um membro após a amputação e pode ser severa, intratável e incapacitante.

Radiculopatias

É uma lesão referente a perda ou comprometimento da função sensorial ou motora de uma raiz nervosa.

Artrite psoriásica

Condição inflamatória das articulações associada à psoríase.

Há evidências substanciais de que o sistema endocanabinoide está envolvido na modulação da dor (crônica e neuropática) e da inflamação.

Espondilite anquilosante

É uma doença inflamatória que, com o tempo, pode fazer com que alguns dos pequenos ossos da coluna vertebral (vértebras) se fundam, tornando a coluna vertebral menos flexível e pode levar a uma postura curvada para frente.

Artrite reumatoide

É uma forma de artrite que causa dor, inflamação, rigidez e perda da função articular.

Há evidências substanciais de que o sistema endocanabinoide está envolvido na modulação da dor (crônica e neuropática) e da inflamação.

Doença de Crohn

É uma doença inflamatória crônica com manifestações intermitentes que afetam principalmente o trato gastrointestinal em toda sua extensão.

A cannabis medicinal pode tratar sintomas como inflamação, que é uma das principais causas de desconforto.

Colite ulcerativa

É uma doença inflamatória do cólon (intestino grosso) e do reto. É caracterizada pela inflamação e ulceração da parede interna do cólon.

Colitis Úlcerosa

Es una enfermedad inflamatoria del colon (el intestino grueso) y del recto. Está caracterizada por la inflamación y ulceración de la pared interior del colon.

Polimiosite

É uma doença inflamatória rara que causa fraqueza muscular, afetando ambos os lados do corpo.

Osteoartrite (artrose)

É uma doença articular que afeta principalmente a cartilagem.

Há evidências substanciais de que o sistema endocanabinoide está envolvido na modulação da dor (crônica e neuropática) e da inflamação.

Transtorno de ansiedade

As pessoas com transtorno de ansiedade muitas vezes têm preocupações e medos intensos, excessivos e persistentes sobre situações cotidianas.

Cannabis medicinal: A cannabis é uma ótima alternativa para tratar a ansiedade. Seus compostos químicos, tais como CBD, THC e terpenos têm efeitos positivos na redução deste transtorno.

Depressão

É um transtorno emocional que afeta os sentimentos, pensamentos e comportamento de uma pessoa. Pode causar problemas físicos e emocionais.

Cannabis medicinal: O uso constante de cannabis medicinal reduz significativamente os níveis de depressão, ansiedade e estresse a curto prazo.

Estamos fazendo mudanças!

O conteúdo que você está tentando consultar no momento não está disponível.

Transtorno de estresse pós-traumático (TEPT)

O TEPT é uma condição de saúde mental desenvolvida por algumas pessoas após passarem por ou presenciarem algum evento traumático.

Cannabis medicinal: A administração de canabinoides pode prevenir sintomas típicos da síndrome de estresse pós-traumático, sejam eles causados por um trauma ou por lembranças angustiantes recorrentes.

Distúrbio do sono

É um distúrbio do sono recorrente que pode causar dificuldade para dormir ou permanecer adormecido.

Cannabis medicinal: A Cannabis medicinal atua nas duas fases do sono, o THC na fase de latência do sono e o CBD na fase de manutenção, inibindo o sono REM.

Transtorno de adaptação

É uma reação ou resposta diante de uma situação estressante mais ou menos importante, dando origem, conforme classificação da OMS, a sintomas depressivos, ansiosos ou comportamentais.

O CBD, THC e terpenos têm efeitos positivos no tratamento de transtornos de ansiedade.

Transtorno obsessivo compulsivo

É um transtorno de ansiedade, caracterizado por pensamentos intrusivos, recorrentes e persistentes que produzem inquietude, apreensão, medo ou preocupação e comportamentos repetitivos.

O CBD, THC e terpenos têm efeitos positivos no tratamento de transtornos de ansiedade.

Agorafobia / Síndrome do pânico

É um transtorno de ansiedade no qual a pessoa afetada sofre repetidamente crises repentinas de terror sem estímulos externos que poderiam desencadeá-los.

O CBD, THC e terpenos têm efeitos positivos no tratamento de transtornos de ansiedade.

Transtorno de ansiedade social

É um transtorno de ansiedade caracterizado por um medo persistente de uma ou mais situações sociais devido ao medo de passar por constrangimentos.

O CBD, THC e terpenos têm efeitos positivos no tratamento de transtornos de ansiedade.

Transtorno de personalidade

Consiste em um grupo de condições mentais nas quais uma pessoa tem um padrão prolongado de comportamentos, emoções e pensamentos que é muito diferente das expectativas.

O CBD, THC e terpenos têm efeitos positivos no tratamento de transtornos de ansiedade.

Transtorno do déficit de atenção

É um transtorno mental que engloba uma combinação de problemas persistentes, como dificuldade em prestar atenção, hiperatividade e comportamento impulsivo.

O CBD, THC e terpenos têm efeitos positivos no tratamento de transtornos de ansiedade.

Epilepsia refratária

É um transtorno do sistema nervoso central na qual a atividade cerebral torna-se anormal, causando convulsões, sensações incomuns e perda de consciência.

Cannabis medicinal: O canabidiol (CBD), uma molécula extraída da planta de cannabis testada como tratamento para epilepsia de difícil tratamento, tem mostrado resultados promissores. A ingestão de óleo de canabidiol reduz pela metade as convulsões em pessoas que sofrem com essa doença.

Doença de Parkinson

É uma doença progressiva do sistema nervoso que afeta o movimento.

Cannabis medicinal: A cannabis medicinal atua na redução dos tremores, lentidão de movimento (bradicinesia), rigidez muscular, distúrbios do sono e dor.

Doença de Alzheimer

É um tipo de demência que causa problemas na memória, no pensamento e no comportamento.

Cannabis medicinal: Age como um anti-inflamatório e ajuda a combater a insônia, aumenta o apetite, permite o controle da ansiedade e melhora os sintomas de agitação.

Esclerose múltipla

É uma doença do sistema nervoso que afeta o cérebro e a medula espinhal. Ela danifica a bainha de mielina, o material que envolve e protege as células nervosas.

Cannabis medicinal: O extrato de cannabis pode ajudar a aliviar a rigidez muscular (espasticidade), os espasmos musculares e as dores causadas pela doença.

Doença de Huntington (coreia de Huntington)

É uma doença hereditária, neurodegenerativa, que não tem tratamento curativo atualmente. Esta doença envolve deficiências físicas e uma série de problemas motores, cognitivos e psiquiátricos.

Cannabis medicinal: Foi demonstrado que tanto CBD, quanto THC têm efeitos neuro anti-inflamatórios, analgésicos e antioxidantes, levando a um efeito neuroprotetor em doenças neurodegenerativas como Alzheimer, Parkinson, Huntington, esclerose múltipla e esclerose lateral amiotrófica.

Esclerose lateral amiotrófica

É uma doença progressiva do sistema nervoso que afeta as células nervosas do cérebro e da medula espinhal, causando a perda do controle muscular.

Cannabis medicinal: Foi demonstrado que tanto CBD, quanto THC têm efeitos neuro anti-inflamatórios, analgésicos e antioxidantes, levando a um efeito neuroprotetor em doenças neurodegenerativas como Alzheimer, Parkinson, Huntington, esclerose múltipla e esclerose lateral amiotrófica.

Síndrome de Tourette

É um transtorno caracterizado por movimentos repetitivos ou sons indesejados (tiques) que não podem ser controlados facilmente.

Cannabis medicinal: Foi demonstrado que tanto CBD, quanto THC têm efeitos neuro anti-inflamatórios, analgésicos e antioxidantes, levando a um efeito neuroprotetor em doenças neurodegenerativas como Alzheimer, Parkinson, Huntington, esclerose múltipla e esclerose lateral amiotrófica.

Enxaqueca

É um tipo de dor de cabeça que pode causar sintomas como náuseas, vômito ou sensibilidade à luz e ao som.

Cannabis medicinal: os canabinoides desempenham um papel importante em diversos tipos de dores de cabeça, incluindo enxaqueca e cefaleia em salvas.

Náuseas e vômito secundários a quimioterapia

A quimioterapia, radioterapia e outros tratamentos contra o câncer podem causar náuseas e vômitos. Estes sintomas podem ser leves ou graves.

Cannabis medicinal: está clinicamente demonstrado que o THC previne náuseas e vômitos em pacientes submetidos à radioterapia e/ou quimioterapia.

Dor oncológica

É a dor que os pacientes com câncer podem sofrer, seja devido à progressão da própria doença ou devido a tratamentos e patologias associadas.

Cannabis medicinal: Os dados pré-clínicos apontam a eficácia dos canabinoides no tratamento da dor causada pelo câncer. As evidências clínicas relataram sua eficácia no tratamento da dor crônica neuropática refratária a tratamentos analgésicos de primeira linha.

Anorexia em paciente com HIV e oncológicos

É um transtorno alimentar que faz com que as pessoas percam mais peso do que é considerado saudável para sua idade e altura. Pessoas com esse transtorno podem ter muito medo em ganhar peso.

Cannabis medicinal: O sistema endocanabinoide é extremamente importante para a regulamentação do apetite, da fome e da saciedade. Os receptores canabinoides são distribuídos em todo o sistema digestivo. A administração de canabinoides pode ser benéfica para pacientes com falta de apetite.

Distúrbios do sono

Os distúrbios do sono são problemas relacionados ao sono. Estes incluem dificuldade em dormir ou permanecer adormecido, dormir em momentos inapropriados, dormir demasiado e comportamentos anormais de sono.

Cannabis medicinal: A cannabis medicinal atua nas duas fases do sono, o THC na fase de latência do sono e o CBD na fase de manutenção, inibindo o sono REM.

Ansiedade

É um sentimento de medo, pavor e inquietude. Pode fazer você suar, sentir-se inquieto e tenso e ter palpitações.

Cannabis medicinal: A cannabis é uma ótima alternativa para tratar a ansiedade. Seus compostos químicos, tais como CBD, THC e terpenos têm efeitos positivos na redução deste transtorno.

Depressão

A depressão é um transtorno emocional que causa um sentimento de constante tristeza e a perda de interesse em realizar diferentes atividades.

Cannabis medicinal: O uso constante de cannabis medicinal reduz significativamente os níveis de depressão, ansiedade e estresse a curto prazo.